Turnos Recentes

De regresso por uns minut...

Entre papeis...

Do Natal ao Ano Novo

Bom Natal...

Uma manhã caótica ....

Força de vontade

Medicina ou infecto conta...

As melhoras são boas de v...

In love

Desorientações à parte...

Turnos passados

Abril 2009

Fevereiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Web Counter
Free Counter
Sexta-feira, 29 de Agosto de 2008

O que é perder a dignidade?!

Hoje enquanto dava uma banhoca, a sra perguntou-me " Porque é que fazemos tanto na vida, lutamos tanto pelas coisas e depois perdemos a dignidade assim? Porque lutamos tanto para ter as coisas se agora não as posso gozar e aqui estou eu!?"

Quando me falou em dignidade, e tendo em conta o post anterior, pensei que fosse do facto de estar dependente e de eu lhe estar a dar o banho, verifiquei se a sra estava minimante tapada, se as cortinas estavam bem fechadas e assim sendo, perguntei-lhe

- "O que a leva a dizer que perdeu a dignidade? Há alguma coisa que estejamos a fazer que a faça sentir assim?!"

Ela respondeu-me: digo que perdi a dignidade porque poucas pessoas aqui chegam com palavras de atenção, força e carinho... poucas as pessoas que aqui vêm com voz amiga! Flores...? Secam e murcham e vão para o lixo... as palavras doces, guardo-as cá até morrer e enquanto sou lucida...!!!"

Fiquei sem resposta... sei que se poderia estar a referir aos profissionais, mas acredito que tenha sido principalmente da familia ou conhecidos que, no seu entender, pouco a têm apoiado.

Ela fez-me pensar, que de facto trabalhamos, turnos marados, juntamos dinheiros para casa, viagens, um carro, uma vida melhor... e, sabe-se lá quando, lá vamos nós daqui para outro mundo, sem aproveitar nada. Sei que me podem dizer: "então, mas aproveitas enquanto estás viva...! ", mas eu sei lá se aproveito...!!! Uma pessoa sempre com projectos na cabeça e o trabalho é uma constante! O que vale é que gosto do que faço, imaginem se não gostasse!!!

Hoje faleceu um senhor, ainda novo, mas infelizmente com doença terminal. Felizmente este senhor teve algo que raramente ali se vê: conseguimos ter a familia presente para se despedir dele antes de desligar as perfusões que o mantinham deste lado. Um dia, se tiver de morrer no hospital, só espero que tenha a sorte de morrer junto das pessoas que me são mais queridas!!! Não o desejamos todos?!



Quarta-feira, 13 de Agosto de 2008

"Ai onde uma pessoa chega!!!"

Esta é uma das frases que mais oiço lá no serviço. Quem as diz são os doentes... principalmente os idosos.

Se calhar não pensamos muito nisso... se calhar nem imaginamos (ou não queres imaginar) o que é ter alguém a dar-nos banho numa cama, a lavar-nos os genitais, e mudar-nos a arrastadeira...

Se calhar muito menos imaginamos o que é não conseguir conter a urina e molhar uma cama, ou evacuar uma fralda e sentirmo-nos como uma criança que não consgue fazer as coisa sozinha.

Se calhar também não pensamos muito no facto de algum dia nos sentirmos tão fracos que tem de nos dar de comer, que nos ajudar a posicionar na cama... a nós, que eramos tão activos, que sempre fomos independentes de todos... e depois dizemos, ou pensamos...

 

"ai... onde uma pessoa chega!"

 



Terça-feira, 5 de Agosto de 2008

Acabou-se o que era doce...

As ferias já passaram... rapidamente, mas com muito descanso, muito passeio e muitas boas novidades...

Lá voltei eu à minha Medicina, aos doentinhos e às minhas colegas, que cada vez mais me desiludem!!!

Hoje em dia não se pode confiar em ninguém... quando estão a falar com alguem muito simpáticas, assim que essa pessoa vira costas começam logo a falar mal... e para inventar?! Ui Melhor que as telenovelas... enfim, é uma tristeza!!! Como ouvi dizer uma vez, e com razao: estou ali para trabalhar não é para fazer amigos para a vida...! Pois é verdade, mas convem trabalhar num bom ambiente... Eu sei que em todos os sitios existem as ovelhas negras, e temos de levar com elas e acabou-se. Respirar fundo e ter nada mais que PENA! (que é coisa que, para mim, não se devia sentir por ninguém!). Mas dá-me pena, esta necessidade que ás vezes têm de se evidenciar, se deitar os outros abaixo, de nunca admitir erros... enfim...

Com a chegada do Verão assistem-se aos casos de abandono dos idosos... não consigo conceber tal ideia, mas pronto!!! Sei que nem sempre é facil conviver 24/24h com um idoso por vezes agitado, desorientado, com necessidade de cuidados CONSTANTES. Se eu ali me canso e estou lá no maximo 16horas, nem imagino o que é ser isso constantemente... mas existem mais hipoteses que as de abandono no meio hospitalar em que a probabilidade de se contrair infecções são ainda maiores... Bem, nem vale a pena divagar sobre isto!!!

 

Fico-me por aqui... =) Beijos e Abraços e Boas ferias a todos os que as estao agora a gozar! =)



Mais sobre mim

Pesquisar neste blog

 

Abril 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


tags

todas as tags

Links

online
blogs SAPO

subscrever feeds