Turnos Recentes

De regresso por uns minut...

Entre papeis...

Do Natal ao Ano Novo

Bom Natal...

Uma manhã caótica ....

Força de vontade

Medicina ou infecto conta...

As melhoras são boas de v...

In love

Desorientações à parte...

Turnos passados

Abril 2009

Fevereiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Quinta-feira, 23 de Outubro de 2008

As melhoras são boas de ver..!

Ola!!!

Voltou o frio, não é... já não estava habituada...! Mas não há tempo nenhum que me faça esmorecer a felicidade que sinto!!!

 

O Sr internado pela parte social está a começar a dar problemas... então agora tornou-se agressivo para os doentes mais desorientados (aqueles que gritam e chamam muito, como disse nuns posts atrás). Acho que há uns dias ameaçou que batia num deles...! Isto é grave! Nós estamos a pagar-lhe o internamento, a familia daquelas pessoas desorientadas também dão a sua parte de pagamento no internamento dele e ele trata assim as pessoas!! Enfim, ás vezes é complicado gerir isto! Está prevista alta para breve, para uma especie de albergue... vamos lá ver!!

 

Gosto de ver as pessoas a melhorar... ás vezes até respiro fundo como se tivesse ultrapassado mais um obstáculo!

Temos um Sr lá internado, o Sr L, que devido a alterações renais ficou completamente desorientado, agitado e mesmo agressivo. A familia já começava a evitar visitá-lo pois estava completamente irreconhecível e, para nós, era um doente "dificil" de controlar. Ele não tinha culpa, como é obvio!!! Com o tempo iniciou hemodiálise, e passado cerca de 1 mes de internamento já é outra pessoa completamente diferente!!! Mais orientado, colaborante, reconhece as pessoas acaba mesmo por ser simpático e cordial. A parte renal está melhorada (apesar de, infelizmente, ter de fazer hemodiálise para sempre) e a familia mostra-se muito satisfeita de o ter de volta! A esposa dele confessou: " Srª Enfª, nem imagina o alivio... pensei que o tinha perdido para sempre, apesar de ainda estar vivo!!!".  Ainda bem que ainda há situações que acabam em bem!!! =) Assim vale a pena...

 

Fico me por aqui, beijo e abraços!

 

 



Quarta-feira, 8 de Outubro de 2008

In love

Olá a todos... tenho andado meio desaparecida, eu sei, ás vezes a vida não é como queremos... mas felizmente existem boas razões para este desaparecimento.... =) Estou apaixonada, e é tão bom!!! Ás vezes as pessoas que estão em nosso redor acabam por ser as mais indicadas para nós e demoramos seculos a dar por isso!!! =) Tenho passado muito tempo com essa pessoa e por isso o tempo para postar tem diminuido... mas acho que me desculpam, afinal, é por uma boa razão!!!

Incrivel é, como a nossa disposição, bom humor e felicidade afecta o teu trabalho. Sei que temos de ser imparciais, que temos de ser sempre profissionais e não deixar a nossa vida pessoal interferir, mas não me digam coisas... ás vezes é impossível! Somos pessoas... e sim, ando mais sorridente, mais bem disposta, divertida... e nota-se!!! Quando é pela positiva ainda é bom esta transparência, pela negativa é que ....

 

Fora a vida pessoal, o serviço está igualzinho ao habitual... com o tempo parece que pouco ou nada muda por ali... os doentes ás tantas são os mesmos, com internamentos repetidos, uns após os outros....

 

Neste momento temos lá internado um jovem de 25 anos, infectado com hepatite B que está a ser considerado um caso social. Está lá há mais de um mês porque como ele é sem abrigo estão a tentar encontrar um local onde ele possa ficar ou, pelo menos ser acompanhado. Ele pouco ou nada diz em relação ao assunto, mas por vezes, das poucas vezes que fala, já nos deu a entender que não está para ter regras e para viver em associações. Isto dá-me muito que pensar... ele está a ocupar uma cama, há mais de mês para se tentar resolver a situação social e ás tantas, daqui a uns meses (ou dias... ) estará novamente na rua, sabe-se lá a fazer o quê, porque não gosta de regras na vida.... Poderão perguntar "então mas se ele não quer regras porque o mantêm internado?". Por várias razões... 1º não se pode dar alta para a rua... e convém ter um acompanhamento das pessoas em situações desfavorecidas já que as "apanhamos"; 2º ele nunca manifesta nada contra em ir para associações quando está presente do médico e assistente social... logo não é facil provar a não vontade dele... são situações muito complicadas!!! Vamos lá ver o desfecho...

 

 

Vou ficar por aqui, o amor me espera =) beijos e abraços***



Mais sobre mim

Pesquisar neste blog

 

Abril 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


tags

todas as tags

Links

blogs SAPO

subscrever feeds