Turnos Recentes

De regresso por uns minut...

Entre papeis...

Do Natal ao Ano Novo

Bom Natal...

Uma manhã caótica ....

Força de vontade

Medicina ou infecto conta...

As melhoras são boas de v...

In love

Desorientações à parte...

Turnos passados

Abril 2009

Fevereiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Web Counter
Free Counter
Terça-feira, 30 de Dezembro de 2008

Do Natal ao Ano Novo

E o Natal já passou...

Entre o trabalho e a familia, dois dias que passaram a voar!

 

Como se tem visto nas noticias a gripe tem atacado e como consequencia as urgencias estão cheias, o que conduz a que os serviços de internamento estejam igualmente a abarrotar, como é o caso do meu. Chegaram a entrar 4 a 5 doentes por dia (quando geralmente entram 1 ou 2).

Algumas familias alegaram, de repente, não ter condições para ter os seus familiares em casa (quando lhe demos alta), quando anteriormente os tiveram lá. E que "no inicio do ano já consguimos arranjar alguma coisa". E então os senhores e senhoras de idade lá passaram o Natal (e quem sabe o ano novo), na companhia de completos estranhos e de profissionais de saúde, que ás tantas foram mais da sua familia do que a sua propria familia! Alguns dos idosos ainda se aperceberam que tinham alta mas que não os puderam levar; outros acharam que afinal não estavam tão bons como o medico lhe tinha dito e que por isso têm de ficar lá...

E depois há o oposto. Pessoas realmente doentes, que não têm indicação para levante quanto mais para passar o Natal em casa e a sua familia quer porque quer levá-los!!!

Há anos em que os médicos dão permissao para as pessoas irem a casa passar a noite de Natal e depois regressam. Por acaso  este ano isso não aconteceu.

E Nós, lá passamos os dias de Natal, também longe da nossa familia e a ser familia de alguem. A comer os bolos reis que algumas familias atenciosamente levaram e os sonhos e pão de ló! Ah sim, e os chocolates!!!! Mas fora isso, o trabalho é tanto que nem nos lembramos que é Natal...

 

O mais triste neste Natal foi ter de dar a noticia de um falecimento. A Srª faleceu dia 24 ás 15h... e é algo que aquela familia nunca mais esquecerá no Natal...

 

Vamos agora para um Novo Ano. No fundo é tudo a mesma coisa, nós é que pomos na nossa cabeça que começa um Novo ano e por isso temos de melhorar, de mudar ... ás tantas é um estimulo para que isso realmente aconteça!!!

Espero então que no novo ano, esse estimulo de mudança para melhor se torne realmente numa mudança ou num estilo de vida que vos faça feliz. Que o novo ano seja a razão de lutarem pelos vossos sonhos e projectos pois nada nos é dado de mão beijada e temos mesmo de lutar por algo se os queremos ter. Espero que a saúde seja uma constante, pois sem ela nada feito... e desejo que por mais um ano tenham a vossa familia, amigos e conhecidos do vosso lado para os bons e maus momento...

 

         E assim... que 2009 seja o estimulo para serem Felizes... =)

 

 



Terça-feira, 23 de Dezembro de 2008

Bom Natal...

Olá....

Este post vai ser escrito MUITOOO a pressa... mas mesmo assim não queria deixar de desejar um Bom Natal a todos os que lêem este post, a todos os que geralmente comento e que me comentam... e a todos em geral que festejem o Natal.

Desejo que o natal seja passado junto de todas as pessoas que vos são importantes, e se isso não for possivel, o importante é que estão no vosso coração e pensamento!

Beijos grandes e Boas Festas...!!! =)



Quinta-feira, 11 de Dezembro de 2008

Uma manhã caótica ....

Olá...

Parece que já entrámos em época natalicia... pelo menos os centros comerciais estão cheios, as ruas estão iluminadas, a arvore de Natal já está feita e o Serviço de Medicina já está cheio de luzes, árvores de natal e enfeites...  Mas, no dia a dia, aquilo parece tudo menos o Natal...

Parece que o frio e chuva vieram para ficar e com ele as pneumonias e as DPOC agudizadas... resultados?! Estamos cheios!!! Nem uma vaguinha...!... Andamos todos estoirados e só desejamos férias... pelo menos eu!

As manhãs estão caóticas porque além de todos os cuidados inerentes a uma manhã (medicação, cuidados de higiene - que só no leito chegam a ser 17! - realização de pensos....) ainda temos as constantes descompensações dos doentes (pois coitados não têm culpa...), os medicos novinhos que pedem ajuda para fazer tudo (questiono-me onde estão os orientadores dos internos de medicina...) e que deixam tudo fora do lugar, as altas em cima do joelho (ou melhor, dizem as 13h que o doente tem alta as 14h e o doente desejoso por ir embora não nos deixa em paz e nós ainda temos de fazer a alta de enfermagem... e tempo para tudo?!), a medicação que não vem toda da farmácia e temos de ligar para lá, os auxiliares que reclamam porque lhes pedimos para ir à farmacia buscar a medicação que falta....

Eu chego a contar até 10 imensas vezes durante o turno para não disparatar porque é uma tal pressão e stress... Imaginem terem cerca de 7 banhos no leito, estarem no 4º banho (no qual temos de realizar uns 5 pensos a ulceras de pressão e aspirar as secrecções da pessoa), cansadissimos e já com fome, a pensar que ainda falta 3 banhos e vem o medico a gritar:

MEDICO: "Enfermeira, porque é que a Sra L ainda não se levantou!? Ela tem de fazer levante, quero dar-lhe alta amanhã!" ....

EU (1,2,3,4,5,6,7,8,9,10...): "Porque ainda não tive TEMPO de lhe dar banho... tenho 7 hoje, tinha de terminar em algum!"

MEDICO: "Ah pois. Vamos lá ver se ela se levanta, se anda e se tolera estar sentada.... AH e a sra H já lhe viu tensão?"

EU (1,2,3,4,5,6,7,8,9,10... e eu divido-me em duas nao?!): Não Dr, porque como vê ainda estou nos cuidados de higiene. Mas pode avaliar, o aparelho está ali na nossa sala...

MEDICO: Ah ta bem... então depois eu vejo pelas suas notas.  Ah, queria ver o penso do Sr I.

EU (1,2,3,4,5,6,7,8,9,10, tal era a pressa da tensão que nem a quer ir avaliar....): Só vou fazer depois de almoço, porque ainda tenho banhos para dar...

MEDICO: Hum... pois... então depois, se estiver no serviço, chame-me

EU (Deves estar deves... quando eu acabar de almoçar ainda estás tu nas entradas e acabas de almoçar as 15:30h, deves estar mesmo à espera que eu faça o penso a essa hora...): Então combinamos para amanha. Faço o penso antes dos banhos e chamo-o.

O medico vai embora e nisto vem a auxiliar:

AUXILIAR: Sra enfermeira, o SR H está no chão... caiu...

EU (era só o que me faltava....1,2,3,4,5,6,7,8,9,10): Mas como?!

AUXILIAR: Pensei que o conseguia por na cadeira do banho, mas ele não ajudou!!!

EU (1,2,3,4,5,6,7,8,9,10 - umas vezes os doentes ajudam a passar da cama para o cadeirão e pedem ajuda, quando realmente é preciso acham que conseguem fazer tudo sozinhas e o doente cai....): Mas ele está bem? Já lá vou ajudá-la a levantar, mas se não sabe se o doente ajuda a passar ou não pergunta á enfermeira responsável, ok?

 

E isto é apenas um pouquinho das minhas manhãs... Além disso saio de lá com uma dor de garganta horrivel porque anda por lá um surto de hipoacusias (surdezes) e para os doentinhos me ouvirem só mesmo a gritar!!! O que vale é que alguns doentinhos nos vêm tão atrapalhadas que se oferecem para nos massajar as costas e nos são umas beijocas!!!  Claro que não aceito as massagens né!

 

Bem... vou aproveitar a folga... a unica até ao Natal...

 

 

 

 



Mais sobre mim

Pesquisar neste blog

 

Abril 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


tags

todas as tags

Links

online
blogs SAPO

subscrever feeds