Turnos Recentes

De regresso por uns minut...

Entre papeis...

Do Natal ao Ano Novo

Bom Natal...

Uma manhã caótica ....

Força de vontade

Medicina ou infecto conta...

As melhoras são boas de v...

In love

Desorientações à parte...

Turnos passados

Abril 2009

Fevereiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Quinta-feira, 18 de Outubro de 2007

Desabafo...

Estou um pouco desiludida... sinto que me tenho afastado mais dos doentes e familia com medo de sofrer e de me entristecer, de me deprimir com tudo o que vejo a minha volta!!! Provavelmente é uma defesa... não sou fria, nem antipática percebem, mas afasto-me... como no caso que referi no post anterior! Isso, a meu ver, não é bom! Quer dizer, temos de saber manter alguma distância das coisas é certo, mas por outro lado penso que é bom estar ali e que as pessoas percebam que realmente nos importamos com elas e com o que elas sentem...

Tenho de reler este post muitas vezes para interiorizar que tenho de me continuar a esforçar para encarar os casos e estar realmente a apoiar as pessoas... preciso disso para me sentir mesmo bem no que faço... preciso dessa parte humana, e tenho medo de a perder para não me magoar a mim!! Tenho de pensar nos bons casos... casos como os que a SM (http://umdiavireienfermeira.blogspot.com/) refere no seu blog! Também tenho casos assim... tenho de me lembrar das pessoas que nada fazia prever que a vida lhes desse uma nova hipotese e após meses internadas sairam pelo seu próprio pé!! E a alegria de presenciarmos a retirada de uma algália, de uma sonda nasogástrica, do desprender do soro... do primeiro banho no WC e da primeira ida sozinho ao refeitório ou ao banho... é ver tudo com alegria nos olhos, como se voltassem a apanhar o sentido da vida novamente!!! É ver e estar presente... realmente presente sem medos que depois tudo corra mal e nos tenhamos envolvido de mais... porque não há mal chorar... há mal é ficarmos com tudo de mal cá dentro...

Obrigado por todos os comentários feitos e espero, mesmo mesmo mesmo... não perder a minha sensibilidade!!!

Beijo grande**

Sinto-me: Com medo de perder....
Música: James Morrison - You Give Me Something

Publicado por nursy às 20:47

Link do post | Adicionar aos favoritos

De xucarita a 19 de Outubro de 2007 às 09:55
olá lindinha
Tu acredita que a sensibilidade nnca a perderás pois está na essência do teu ser. Acho incrível a maneira como relatas os teus dias e como vês tudo tão humanamente. Mas tb tens que pensar que o tempo é o melhor conselheiro e com o tempo concerteza irá ser tudo mais fácil (penso eu??!!)
E digo-te que se em todos os serviços havesse pessoas como tu estava tudo muito bem pq por vezes encontramos pessoas muito maldispostas e mesmo estúpidas que falam com os doentes e familia como se fossem objectos.
Muitos beijinhos amiga
Ana


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

Pesquisar neste blog

 

Abril 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


tags

todas as tags

Links

blogs SAPO

subscrever feeds