Turnos Recentes

O que é perder a dignidad...

Turnos passados

Abril 2009

Fevereiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Web Counter
Free Counter

Sexta-feira, 29 de Agosto de 2008

O que é perder a dignidade?!

Hoje enquanto dava uma banhoca, a sra perguntou-me " Porque é que fazemos tanto na vida, lutamos tanto pelas coisas e depois perdemos a dignidade assim? Porque lutamos tanto para ter as coisas se agora não as posso gozar e aqui estou eu!?"

Quando me falou em dignidade, e tendo em conta o post anterior, pensei que fosse do facto de estar dependente e de eu lhe estar a dar o banho, verifiquei se a sra estava minimante tapada, se as cortinas estavam bem fechadas e assim sendo, perguntei-lhe

- "O que a leva a dizer que perdeu a dignidade? Há alguma coisa que estejamos a fazer que a faça sentir assim?!"

Ela respondeu-me: digo que perdi a dignidade porque poucas pessoas aqui chegam com palavras de atenção, força e carinho... poucas as pessoas que aqui vêm com voz amiga! Flores...? Secam e murcham e vão para o lixo... as palavras doces, guardo-as cá até morrer e enquanto sou lucida...!!!"

Fiquei sem resposta... sei que se poderia estar a referir aos profissionais, mas acredito que tenha sido principalmente da familia ou conhecidos que, no seu entender, pouco a têm apoiado.

Ela fez-me pensar, que de facto trabalhamos, turnos marados, juntamos dinheiros para casa, viagens, um carro, uma vida melhor... e, sabe-se lá quando, lá vamos nós daqui para outro mundo, sem aproveitar nada. Sei que me podem dizer: "então, mas aproveitas enquanto estás viva...! ", mas eu sei lá se aproveito...!!! Uma pessoa sempre com projectos na cabeça e o trabalho é uma constante! O que vale é que gosto do que faço, imaginem se não gostasse!!!

Hoje faleceu um senhor, ainda novo, mas infelizmente com doença terminal. Felizmente este senhor teve algo que raramente ali se vê: conseguimos ter a familia presente para se despedir dele antes de desligar as perfusões que o mantinham deste lado. Um dia, se tiver de morrer no hospital, só espero que tenha a sorte de morrer junto das pessoas que me são mais queridas!!! Não o desejamos todos?!



Mais sobre mim

Pesquisar neste blog

 

Abril 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30


tags

todas as tags

Links

online
blogs SAPO

subscrever feeds